O PRIMEIRO RUBRO NEGRO

DO BRASIL!

O 14 de Julho foi criado no dia 14 de Julho de 1902, em uma região fronteiriça entre as cidades Brasileira de Santana do Livramento e Uruguaia de Rivera onde atualmente encontra-se o Parque Internacional.

O futebol havia chegado primeiro na cidade uruguaia e, por isso, os idealizadores do 14 de Julho resolveram montar uma equipe para enfrentar os times da cidade vizinha, Rivera.

Assim, os senhores, Pedro Lay, Coriolano Cabeda, Licurgo Cruxen, Armelino Garagorry, Henrique Carvalho, João Caffone, José Ramos, Roberto Calero, Argemiro Zimerman, Julio Sillia e os irmãos Ávila. Seu primeiro presidente foi Felizardo Ávila, fundaram o PRIMEIRO CLUBE RUBRO NEGRO DO BRASIL.

Em 1909, o 14 de Julho participou de um torneio em Rivera, juntamente com com quatro equipes do Uruguai, sagrando-se campeão da competição, sendo assim a primeira equipe brasileira a ganhar um torneio internacional.

Em março de 1914, surgiu o apelido de "Leão da Fronteira", quando os jogadores do 14 de Julho demonstraram uma raça impressionante em um empate em partida amistosa com o Peñarol do Uruguai. Após a partida, os jogadores do Peñarol enalteceram o empenho da equipe santanense, afirmando repetidas vezes que haviam "jogado contra uma equipe de leões desta fronteira".

O 14 de Julho foi um dos fundadores da Federação Rio Grandense de Desportos (FRGD) em 1918. No ano seguinte, também participou da criação da Liga de Foot-Ball Livramentense. Ainda em 1919, o clube esteve em Porto Alegre para a realização de amistosos, os quais ocorreram em datas próximas ao único jogo do Campeonato Gaúcho, entre Grêmio e Brasil de Pelotas. Em razão disto, muitas pessoas confundem-se, achando que o 14 de Julho teria participado do primeiro Campeonato Gaúcho da história.

No ano de 1999, após participar do Campeonato Gaúcho da Terceira Divisão, o 14 de Julho fechou seu departamento de futebol profissional, mantendo apenas as categorias de base. Em 2005, o time profissional voltou a disputar competições oficiais.

Em 2011, o 14 de Julho teve uma ótima temporada onde acabou em 8º entre os 28 clubes que participaram na Campeonato Gaúcho da Segunda Divisão e em 5° entre os 22 clubes que participaram da Copa FGF.

Em 2012, o 14 de Julho não repetiu o bom desempenho da temporada passada, após péssima campanha no Campeonato Gaúcho da Segunda Divisão onde o acabou em 16º entre os 20 clubes que participaram, isso acarretou sua queda para o Campeonato Gaúcho da Terceira Divisão de 2013. Já seu desempenho na Copa FGF foi muito boa acabando em terceiro lugar.

Aos poucos, a nova administração do clube tenta reestruturá-lo com soluções criativas e rentáveis à instituição. Pela primeira vez em sua história, o Esporte Clube 14 de Julho possui uma Presidente mulher, a Sra. Mercedes Abreu da Cunha, que logo que assumiu, proferiu a seguinte frase aos torcedores quatorzeanos: “PROMETO QUE O LEÃO VOLTARÁ A RUGIR”.

© 2018 Por Velda Consultoria Emprearial